30 de março de 2024

Estamos em manutenção

O nosso querido blog entrou mais uma vez em modo de manutenção. Agradecemos a sua paciência, que tal dar uma visitada em nossos parceiros enquanto isso?

Ah Negão!
Vagando na Net
Piadas Idiotas - São idiotas mas o faz rir Blog Viiish
Portal dos Mitos - O melhor dos mitos e lendas mundiais Blog Sequelanet

Mas não ache que o blog vai ficar parado não, todo dia iremos repostar uma de nossas melhores matérias com cara nova

6 de fevereiro de 2024

As melhores charadas da internet!

Aqui no nosso site você já viu as melhores piadas curtas da internet, mas tem outro tipo de humor que diverte as pessoas online, as famosas charadas. Então confira algumas das melhores que nós encontramos por aí e se divirta conosco mais uma vez.

Foto de Simone Secci na Unsplash

"Por que o Batman colocou o Batmóvel no seguro?
Porque ele tem medo que Robin ele!"

"O que o pato disse para a pata?
Vem Quá!"

"Qual é a fórmula da água benta?
H Deus O!"

"Qual é a cidade brasileira que não tem táxi?
Uberlândia."

"Por que o jacaré tirou o filho da escola?
Porque ele réptil de ano."

"Qual é o alimento mais sagrado que existe?
O amém doím."

"Por que o rádio não pode ter filhos?
Porque ele é estéreo."

"Por que o policial não usa sabão?
Porque ele prefere deter gente."

"Por que a planta não responde?
Porque ela é mudinha."

"O que é um astrólogo andando a cavalo?
Um Cavaleiro do Zodíaco."

"O que um cromossomo falou para o outro?
Cromossomos bonitos!"

"O que é um pontinho preto no avião?
Uma aeromosca."

"Como que o mineiro usa a internet?
Pelo UAI-fai"

5 de fevereiro de 2024

As melhores piadas curtas da internet!

Piadas podem ser muito divertidas, mas ás vezes você quer uma piada curta e fácil de lembrar, por isso decidimos separar algumas das melhores da internet nessa matéria aqui. Confira e se entretenha conosco mais uma vez! E se quiser ver as melhores charadas da internet, clique aqui agora mesmo!

Foto de Dan Cook na Unsplash


"No zoológico, um canguru vivia fugindo do seu cercado. Os tratadores sabiam que ele pulava alto então eles construíram uma cerca de 3 metros de altura. Não adiantou, porque o canguru sempre fugia. Então, ergueram uma cerca de 6 metros. E ele saiu de novo.
Quando a cerca já estava com 12 metros, o animal do cercado vizinho perguntou ao canguru:
- Até que altura você acha que eles vão?
O canguru respondeu:
- Mais de 300, a menos que alguém tranque o portão à noite."


"O diretor da empresa pergunta ao novo funcionário:
- O contador já disse qual é a sua tarefa?
- Sim. Acordá-lo quando eu perceber que o senhor está vindo."


"O condenado à morte esperava a hora da execução, quando chegou o padre:
- Meu filho, vim trazer a palavra de Deus para você.
- Perda de tempo, seu padre. Daqui a pouco vou falar com Ele pessoalmente. Algum recado?"


"No velório, o padre enche o falecido de elogios:
- Que Deus receba de braços abertos esse homem, que era um bom marido, um excelente pai e um cidadão de bem.
Após ouvir as palavras, a viúva pede para a filha:
- Maria, confirma ali se é o seu pai mesmo no caixão..."


"- Você conhece a piada do fotógrafo?
- Não.
- É porque ainda não foi revelada."

29 de janeiro de 2024

Dicas para Blogger 38 - Como fazer seu próprio meme?

Se você está na internet agora, lendo essa matéria, você com certeza já deve ter visto um meme por aí, eles são imagens muito compartilhadas, normalmente de teor humorístico, e que podem vir em vários formatos. Mas se você não quiser apenas copiar um meme, como você pode criar o seu?

Como fazer o seu próprio meme?


Como eu disse antes memes podem vir em vários formatos, então o jeito mais fácil de se fazer um é usando um site gratuito de templates, como por exemplo o imgflip.com, que honestamente é um dos mais fáceis de ser usado, mas você pode fazer eles em qualquer lugar, como no Photoshop ou no Paint.
Depois de acessar o imgflip basta você escolher o meme que deseja, depois escrever o que quiser no "Text #1" e "Text #2". Você pode até mudar as cores na caixinha ao lado. Depois é só clicar em "Generate" e escolher como compartilhar e salvar seu meme. Você pode compartilhar ele em aplicativos sociais ou por meio de seu telefone, compartilhar um link ou fazer download para seu dispositivo. Você ainda pode compartilhar seu novo meme com uma das muitas comunidades do Imgflip, mas já avisamos que elas são em sua maioria estrangeiras.

Por que criar seu próprio meme?

Existem alguns motivos diferentes:
- Criar memes novos pode atrair novos leitores ao seu site, já que eles só vão poder ver esses memes no seu site, pelo menos até alguém compartilhar eles em outro lugar, o que nós leva a outro ponto.
- Usar memes de outras pessoas pode ser problemático, já que eles podem mandar você retirar o conteúdo com um DMCA Takedown (remoção de conteúdo de um website a pedido do proprietário do material ou do detentor dos direitos de exibição).
- Memes são uma boa forma de marketing, quando as pessoas compartilharem seu meme novos leitores podem se interessar em seu conteúdo mesmo que ele tenha sido postado em outro site.

Obrigado pelo seu tempo, se quiser pode visitar nossa série de dicas para mais coisas que podem lhe ajudar no futuro, basta clicar aqui agora mesmo!

23 de dezembro de 2023

A origem de algumas palavras que você usa, mas não sabe de onde vieram #4

Existem muitas palavras por aí, e aposto que você nem sabe de onde vieram a maioria delas, nosso idioma é uma mistura de línguas antigas como o latim misturadas com línguas mais novas como o português, espanhol e muitas outras, e todas as palavras tem um significado por trás.
Se você gostar da matéria, clique aqui para ler as outras partes dela.

Foto de Cloris Ying na Unsplash
O "Natal" é um dos maiores feriados do mundo, mas graças aos presentes e comilança muitos esquecem o seu significado. A palavra natal do português já foi "nātālis" no latim, derivada do verbo "nāscor", que significa nascer ou nascimento.

Foto de Aswathy N na Unsplash
Essa coisinha é chamada de "Coelho", seu nome vem do latim "cuniculos", que provavelmente tem a ver com "buraco". Os animais foram chamados assim por cavarem a terra onde moram para fazer tocas.

13 de dezembro de 2023

Fatos sobre a depressão que você tem de saber

A depressão pode afetar qualquer um a qualquer momento, independente de sua idade, gênero, tipo físico e grupo étnico. Antigamente poucos levavam essa doença a sério, mas hoje sabemos que ela pode levar à morte se não for tratada.
Abaixo você vai ler alguns fatos que todo mundo deveria saber sobre a depressão, afinal, você nunca sabe quando você ou um ente querido pode começar a sofrer dela.

Foto de Stormseeker na Unsplash
Ninguém sabe exatamente o que causa a depressão em um indivíduo, mas pesquisa indicam que ela pode ser o resultado combinado de diversos fatores, incluindo fatores genéticos, biológicos, ambientais e psicológicos. Por isso é quase impossível prever quem irá sofrer de depressão e quando ela vai lhe afetar.
Os sintomas da depressão podem variar de pessoa para pessoa, em termos de gravidade, frequência e duração, mas alguns dos principais sintomas da doença incluem:
Tristeza persistente, perda de interesse em atividades que antes eram divertidas, alterações significativas no apetite, distúrbios do sono, sentimentos de culpa e inutilidade, dificuldade em pensar, tomar decisões e concentrar-se, agitação e irritabilidade, e sintomas físicos inexplicáveis, como dor de cabeça, dor crônica e distúrbios digestivos.

Foto de Steve Knutson na Unsplash
Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), estudos mostram que indivíduos desempregados têm maior probabilidade de apresentar problemas de saúde mental, incluindo depressão. Isso é em parte devido ao status social que faz com que pessoas desempregadas sejam menos respeitadas em geral pelo resto da sociedade.

Foto de Alexander Grey na Unsplash
O tratamento para a depressão na verdade varia dependendo da gravidade dos sintomas e das necessidades individuais do paciente. Geralmente, o tratamento envolve uma combinação de terapia psicoterapêutica e, em alguns casos, medicação antidepressiva.
Em outras palavras a terapia por si só pode não ser o suficiente para curar um paciente que sofra de depressão. Inclusive muitos pacientes fazem terapia por anos sem ter melhora alguma, o que na verdade pode fazer eles acharem que sua doença é incurável, fazendo sua depressão piorar ainda mais. Por isso é importante que, quando pacientes acharem que seu terapeuta não está fazendo progresso algum, eles procurem uma segunda opinião profissional.

Foto de Yuris Alhumaydy na Unsplash
Também é bom saber que assim como ninguém realmente sabe o que causa a depressão, ninguém sabe o que "cura" ela, e existem casos onde a depressão aparentemente entrou em remissão sem nenhum tipo de tratamento. Mas, assim como em todos os outros casos, isso não quer dizer que ela não possa voltar após um certo período.
Bom, na verdade o conceito de uma "cura" completa e permanente para a depressão é um assunto muito debatido no campo da saúde mental atualmente. Alguns especialistas acham que a depressão pode sim ser curada, enquanto outros acham que ela apenas pode ser colocada em remissão por longos períodos, mas nunca realmente desaparecendo por completo.

Imagem de domínio público
De acordo com a Organização Mundial da Saúde, cerca de 280 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de depressão, incluindo 5% dos adultos do mundo e 5,7% dos idosos com mais de 60 anos. Mas o número real pode ser maior, isso porque muita gente que sofre de depressão se recusa a admitir por medo de parecer "fraco" ou algo do tipo.

Foto de Claudia Wolff na Unsplash
Isso acontece porque, embora hoje em dia a depressão seja uma doença reconhecida por especialistas, antigamente esse não era o caso e quem sofria dela era simplesmente rotulado como "preguiçoso", "melancólico", "inútil", "fraco" e outros termos pejorativos que são usados até hoje.
Mesmo na era moderna muitos locais do mundo ainda tem problemas em reconhecer a depressão como uma doença de verdade, com muitos achando que a pessoa está apenas sendo dramática ou querendo chamar a atenção.
Inclusive vale mencionar que (ainda de acordo com a OMS) nos países de baixo e médio rendimento, 75% das pessoas que sofrem de perturbações mentais não recebem tratamento adequado para elas.

Foto de TopSphere Media na Unsplash
E como nós já dissemos a depressão pode afetar indivíduos de todas as idades, incluindo crianças pequenas. Embora a doença seja mais comumente diagnosticada em adolescentes e adultos, é possível que crianças desde a idade pré-escolar apresentem sintomas depressivos. Pesquisas indicam que a doença pode se manifestar em crianças a partir dos 3 anos de idade.
Mas os sintomas de depressão em crianças pequenas são um pouco diferentes daqueles observados em indivíduos mais velhos. Em vez de expressar sentimentos de tristeza ou desesperança, as crianças mais novas podem apresentar alterações comportamentais, tais como aumento da irritabilidade, distúrbios do sono e diversas queixas físicas (por exemplo, dores de estômago ou de cabeça). Além disso eles podem não querer se distanciar do seus entes queridos nem por curtos períodos de tempo.

Foto de Miti na Unsplash
Mesmo assim de "novidade" a doença não tem nada. Os primeiros casos documentados do que hoje reconhecemos como depressão datam de vários séculos atrás. Civilizações antigas, como a antiga Mesopotâmia e o Egito, já tinham descrições de pessoas em estados melancólicos ou desanimados, que se acredita serem semelhantes a sintomas depressivos modernos.
Uma das primeiras referências conhecidas a sintomas depressivos vem Grécia Antiga. Hipócrates, um médico grego do século V a.C., descreveu uma condição chamada "melancolia", que era caracterizada por tristeza, desânimo e falta de interesse pelas atividades. Suas observações lançaram as bases para a compreensão da depressão como uma condição distinta de saúde mental.

Foto de British Library na Unsplash
Mas a doença não era conhecida como depressão nessa época, ela na verdade teve vários nomes com o passar dos séculos:
Melancolia, um termo derivado das palavras gregas "melas" (preto) e "khole" (bile), era comumente usado nos tempos antigos e durante toda a Idade Média para descrever um estado de tristeza ou desânimo prolongado.
Já no final do século XIX e início do século XX, os indivíduos que sofriam o que hoje reconheceríamos como depressão eram frequentemente diagnosticados com "exaustão nervosa". Este termo abrangia vários sintomas como fadiga, mau humor e até ansiedade.
Cunhada pelo médico americano George M. Beard no final do século XIX, o termo "neurastenia" era usado para descrever vários sintomas mentais e físicos, incluindo fadiga, irritabilidade e cansaço mental.
Doença maníaco-depressiva era outro termo usado antes da compreensão moderna dos transtornos de humor. Ele abrangia um espectro mais amplo de condições, incluindo depressão e mania, que hoje sabemos serem coisas distintas.

Foto de domínio público
O crédito por cunhar o termo "depressão" no contexto da saúde mental é frequentemente atribuído ao psiquiatra alemão Emil Kraepelin, que o usou em seu influente livro "Psychiatrie: Ein Lehrbuch für Studierende und Ärzte" publicado em 1899.
Kraepelin usou "estados depressivos" para descrever uma condição caracterizada por tristeza persistente, perda de interesse e outros sintomas associados. Isto marcou o início do uso do termo "depressão" como uma categoria diagnóstica distinta.

Foto de engin akyurt na Unsplash
Na sua forma mais grave, a depressão pode levar ao suicídio e é responsável por pelo menos 850.000 mortes todos os anos segundo o site sciencedaily. O mais importante é que assim que a pessoa comece a notar os sintomas da doença ela procure ajuda professional mesmo se seus relativos mais próximos não acharem que ela precise fazer isso.

Foto de Sydney Sims na Unsplash
Um grande problema é que nem sempre é fácil notar os sintomas em uma pessoa, muitos que sofrem de depressão escondem ela até ser tarde demais. Eles só demonstram os sintomas quando estão sozinhos e até conseguem manter relacionamentos e empregos, eles não aparentam estar doentes de maneira alguma.

Obrigado por ler essa matéria, e lembrando que o Centro de Valorização da Vida existe e você pode sempre ligar pra ele no número 188. Obrigado pelo seu tempo e esperamos te ver por aqui mais vezes!

27 de novembro de 2023

Dicas para Blogger 37 - Como colocar posts aleatórios no seu site

Um dos meios mais comuns de manter as pessoas interessadas no seu site por mais tempo do que o normal é colocando um Gadget que mostra mais matérias para eles clicarem, hoje nós vamos te ensinar a colocar um Gadget que mostra posts aleatórios do seu site.

Mas por que usar esse Gadget de posts aleatórios?

O principal motivo para usar um desses gadgets (além de fazer seus fãs passarem mais tempo no seu site) é que eles não precisam dos Labels para funcionar.
Labels, também chamados de Tags, Categorias ou Marcadores são o meio do Blogger de juntar os seus posts em seções diferentes, como "Curiosidades", "Cinema", "Gifs", "Tecnologia", etc. O problema é que muitos Gadgets de posts relacionados usam esses Labels para mostrar mais posts, só que várias versões do Blogger, principalmente as Mobile, ou seja, para celular, não tem esses Labels, por isso os posts relacionados simplesmente não funcionam nelas, mas os posts aleatórios funcionam.

Como instalar o Gadget de posts aleatórios?

Instalar eles não podia ser mais simples, vamos lá! Primeiro acesse seu painel do Blogger, depois clique no lado esquerdo em "Layout", depois em "Adicionar um Gadget", na hora de escolher o Gadget escolha o "HTML/Javascript". Agora é só você escolher um dos códigos abaixo, copiar e colar ele. É super fácil, vamos ver os códigos.

14 de outubro de 2023

Dicas para Blogger 12 - Como programar seus posts?

Como programar seus posts?


Programar seus posts é uma maneira fácil de agilizar seu processo na hora de atualizar o blog. Embora seja um recurso simples muita gente ainda se confunde com o que fazer, então aqui vai um passo-a-passo de como postar seu conteúdo automaticamente.

1° Escreva seu post normalmente e quando estiver satisfeito com o conteúdo clique em "Salvar".

2° Clique em "Configurações de postagem" no canto direito da tela (em laranja).

3° Selecione a opção "Programar" com o símbolo de um relógio. Agora clique em "Definir data e hora".

4° Escolha quando que você quer que seu conteúdo seja postado, você pode definir o dia e a hora. Quando terminar clique em "Concluído".

5° Agora clique em "Publicar" e pronto, seu post está programado. O post não vai realmente ser publicado até que chegue o dia e horário que você escolheu, se você olhar na seção de "Postagens" você pode ver que o post foi salvo como "Programada" e não "Rascunho", agora é só esperar e seu site vai fazer todo o resto.

Update: O Blogger mudou o seu design, por isso temos de atualizar essas dicas, se você estiver usando a versão nova do Blogger e quiser programar os seus posts, siga esse passo-a-passo a seguir:

1° Escreva seu post normalmente e quando estiver satisfeito com o conteúdo clique na flecha ao lado de "Visualizar" e depois em "Salvar".

2° Clique em "Publicado em" no canto direito da tela.

3° Agora clique em "Definir data e hora" e escolha a data e o horário que você quer que a sua publicação seja postada.

4° Clique em "Publicar" (em laranja) no lado direito da tela. Pronto, seu post será postado na data e horário que você definiu.

Curtiu as dicas? Então não deixe de curtir nossa página no Facebook clicando aqui.

25 de setembro de 2023

Dicas para Blogger 36 - Botões de compartilhamento na versão Mobile

A versão Mobile (para celulares e certos tablets) do Blogger não é perfeita, ela deixa muito a desejar em várias áreas, tanto é que nós já demos outras dicas sobre como customizar ela em nossa série de dicas para blogueiros, mas hoje nós vamos te ensinar de uma maneira fácil, direta e o mais importante, gratuita, como colocar botões de compartilhamento na versão de celular do seu blog. Mas antes disso tem algo que você tem de saber.
O Blogger normalmente já vem com botões de compartilhamento na versão para celular, só que eles são bem apagados e não incluem o WhatsApp e nem o Telegram, que são duas das ferramentas de compartilhamento mais usadas quando falamos de celulares. Os botões originais são iguais a esse aqui (mostrando também o que aparece quando você clica nele):

Então se você quiser substituir esse botão Compartilhar por uma versão mais completa e chamativa, é só seguir esse passo-a-passo:

Como colocar botões de compartilhamento na versão Mobile do seu Blogger


Primeiro você vai entrar no seu painel do Blogger e clicar em "Tema", depois você vai clicar na flecha ao lado de "Personalizar" e depois em "Editar HTML".


Depois disso você vai procurar a linha de código <b:section-contents id='sidebar-right-1'>, ou a linha de código de qualquer uma de suas sidebars (sidebar-right-2-1, sidebar-right-2-2, sidebar-right-3, etc.) e logo abaixo dessa linha você vai copiar e colar esse código aqui, de propriedade do site de compartilhamento AddToAny e que foi modificado por nós para incluir os botões do Telegram e do WhatsApp.

 <b:widget id='HTML3' locked='false' mobile='only' title='AddToAny' type='HTML'>
    <b:widget-settings>
      <b:widget-setting name='content'>&lt;!-- BEGIN AddToAny for Blogger --&gt;
&lt;script type=&quot;text/template&quot; class=&quot;blogger_addtoany_html&quot;&gt;
&lt;div class=&quot;a2a_kit a2a_kit_size_32 a2a_default_style&quot;&gt;
    &lt;a class=&quot;a2a_button_facebook&quot;&gt;&lt;/a&gt;
    &lt;a class=&quot;a2a_button_whatsapp&quot;&gt;&lt;/a&gt;
    &lt;a class=&quot;a2a_button_telegram&quot;&gt;&lt;/a&gt;
    &lt;a class=&quot;a2a_button_twitter&quot;&gt;&lt;/a&gt;
    &lt;a class=&quot;a2a_button_pinterest&quot;&gt;&lt;/a&gt;
    &lt;a class=&quot;a2a_dd&quot; href=&quot;https://www.addtoany.com/share&quot;&gt;&lt;/a&gt;
&lt;/div&gt;
&lt;/script&gt;
&lt;script async src=&quot;https://static.addtoany.com/js/blogger.js&quot;&gt;&lt;/script&gt;
&lt;!-- END AddToAny for Blogger --&gt;</b:widget-setting>

E pronto, é só isso. Se quiser trocar a ordem dos botões basta trocar a ordem deles no código, por exemplo, se quiser que o WhatsApp venha antes do Facebook substitua a linha:

&lt;a class=&quot;a2a_button_facebook&quot;&gt;&lt;/a&gt;
&lt;a class=&quot;a2a_button_whatsapp&quot;&gt;&lt;/a&gt;

Por:

&lt;a class=&quot;a2a_button_whatsapp&quot;&gt;&lt;/a&gt;
&lt;a class=&quot;a2a_button_facebook&quot;&gt;&lt;/a&gt;

Agora basta conferir se o código foi colocado no seu "Layout", ele deve estar sob o nome de "AddToAny" como um Gadget HTML/JavaScript. Mas você pode sempre mudar sua localização e deletar/mudar o seu nome se preferir.

Se tudo estiver certo basta você conferir a versão mobile do seu site e ver os seus novos botões de compartilhamento. Mas é sempre bom lembrar que dependendo do quanto você já mudou o seu código original esse passo-a-passo pode não funcionar para você.

Segundo método

Se esse passo-a-passo não funcionou para você, tem um outro jeito que você pode tentar. Primeiro vá para o site www.addtoany.com/buttons/, depois clique em Blogger, depois clique no botão escrito "Install Blogger Widget", na próxima tela clique em "Adicionar Widget".
Isso irá fazer com que o site adicione o código no seu Blogger automaticamente, mas como já mencionamos o código deles está incompleto, então agora você deve encontrar o código deles no seu HTML (procure por "AddToAny" e você vai encontrá-lo), e substituir ele pelo código que nós te ensinamos acima, depois é só salvar.

Ah, e se você quiser novos botões de compartilhamento para a versão normal (para computadores) do seu site, basta seguir esse passo-a-passo aqui. Ou, se quiser usar os mesmos botões da versão mobile na versão desktop, basta trocar a linha de código

<b:widget id='HTML3' locked='false' mobile='only' title='AddToAny' type='HTML'>

Por:

<b:widget id='HTML3' locked='false' mobile='yes' title='AddToAny' type='HTML'>

Obrigado pelo seu tempo e até a próxima! Qualquer dúvida basta deixar um comentário ou nos enviar um e-mail. E, claro, não deixe de visitar nossa página oficial para ler mais coisas interessantes.

1 de setembro de 2023

Confira algumas músicas que são "cópias" de outras músicas #5

No mundo da música vale de tudo, até utilizar o que já foi utilizado antes, e não estamos falando apenas de plágio, que é quando um artista usa a música de outros sem a permissão deles, mas também de samples, que é quando artistas usam partes da música de outros artistas de maneira completamente legalizada.

Foto de blocks na Unsplash

Nessa série você vai ver exemplos interessantes de ambos os casos. Confira e se entretenha conosco mais uma vez!


"Toxic" foi um dos maiores sucessos da carreira de Britney Spears, e mesmo assim muitos de seus fãs nem sabem de onde a música realmente veio, e olha que ela veio de um lugar muito inesperado, Bollywood!
A música clássica da cantora usou samples da canção indiana "Tere Mere Beech Mein" cantada por Lata Mangeshkar e SP Balasubramaniam. A faixa de amor foi originalmente usada no filme "Ek Duuje Ke Liye (1981)", estrelado por Kamal Haasan e Rati Agnihotri.
A música na verdade foi escrita para a cantora Janet Jackson, mas foi inicialmente oferecida a também cantora Kylie Minogue, que recusou a música, que foi então finalmente dada para Spears gravar.


"Power", da dupla Kanye West e Dwele, é uma das músicas mais icônicas da carreira do rapper, mas ela não era lá muito original, a canção na verdade foi feita usando samples de 4 outras músicas, mas a mais notável delas é com certeza "Afromerica" do grupo musical Continent Number 6.
A música foi produzida principalmente por Kanye e inicialmente deveria ser dada ao rapper Rhymefest, até que Kanye ouviu a música e quis usar a batida ele mesmo.


George Harrison, o ex-Beatle, se meteu em uma grande confusão musical quando sua nova música "My Sweet Lord" foi acusada de soar um pouco parecida demais com a canção "He’s So Fine", do grupo pop feminino The Chiffons. Harrison foi então acusado de violação de direitos autorais e teve que pagar US$ 587 mil por seu erro. Mas as garotas do Chiffons parecem ter levado tudo com bom humor, elas até mesmo gravaram um cover da música de Harrison.

7 de julho de 2023

Dicas para Blogger 35 - Como arrumar a data na versão mobile do site

A versão mobile (celular/tablet) do Blogger ainda está longe de ser perfeita, sempre que você passa um design da versão desktop (computador) para uma tela menor erros irão acontecer, e um dos mais comuns é a data de um post acabar ficando sobreposta sobre o título ou o menu do seu site, mas agora vamos te ensinar a resolver esse problema de maneira rápida e fácil.

Como retirar a data em todas as versões do site


Primeiro, se você quiser apenas retirar a data do seu site (tanto no computador quanto no celular), basta entrar na sua conta do Blogger, clicar em "Layout", depois em "Editar" na seção "Postagens no blog" e desativar a opção "Mostrar cabeçalho com data". Pronto, seu site não irá mais exibir a data em nenhuma versão.


Como arrumar a data na versão mobile do seu site


Primeiro entre na sua conta do Blogger, depois clique em "Tema", depois na flecha ao lado de "Personalizar", aí no novo menu você clica em "Editar HTML":


Agora no seu código você vai procurar a parte:

.mobile .main-inner {
  padding: 0;
}

E vai substituir ela por:

.mobile .main-inner {
  padding-top: 1px;
}

O novo código irá fazer você mudar o tamanho apenas da parte onde a data fica escrita, que é o topo ("top") da página, sem mexer nos outros lados da postagem, basta trocar o número 1 para um número que te agrade e que fique bom no seu site.
Depois disso você tem de achar o código:

.mobile .main-inner .widget h2.date-header {
  $(date.side): 0;
}

E você vai substituir o 0 por um outro número de sua escolha, usando px no final. Por exemplo:

.mobile .main-inner .widget h2.date-header {
  $(date.side): 90px;
}

Assim você irá "empurrar" a data pra frente, já que ela costuma ficar fora das bordas do site ás vezes.

E é isso, o problema deve ter sido resolvido. Se a dica funcionou pra você por favor deixe um comentário e compartilhe o post, e claro, leia as outras partes dessa série de tutoriais e curta nossa página oficial. Obrigado e até a próxima.

26 de junho de 2023

Dicas para Blogger 34 - Como remover o espaço em branco na versão mobile

A versão Mobile (para celulares e certos tablets) de seu site ainda é difícil de ser customizada, por isso hoje vamos mostrar mais um tutorial para quem precisa de ajuda, hoje vamos mostrar como retirar os espaços em branco que normalmente ficam entre o título, as imagens e as palavras de sua matéria:


Como remover TODOS os espaços em branco na versão mobile de uma só vez


Esses espaços em branco normalmente acontecem devido a formatação de sua matéria, mas eles normalmente só ficam visíveis na versão mobile do seu site, o que irrita muitos blogueiros por aí, o lado bom é que vamos te ensinar a resolver todos os espaços de uma só vez.
Primeiro entre na sua conta do Blogger, 
depois clique em "Tema" no lado esquerdo, depois em "Personalizar".

Agora no novo menu você vai clicar em "Avançado", e na flecha ao lado de "Página", nesse novo menu você vai descer até o fim e escolher a opção "Adicionar CSS":

Nesse novo campo você vai colar o seguinte código:

.mobile .post-body a[style*='margin'] {margin-left: auto !important; margin-right: auto !important;}

Esse código vai eliminar os espaços em branco do seu site, mas apenas da versão Mobile. E pronto, basta salvar e ver a diferença... só que... ainda devem ter alguns espaços em branco no seu site.

Esses espaços são causados pelo código br (<br> e <br />) e normalmente eles vem depois do código a, ficando algo como </a><br /><div no seu HTML, para piorar eles também normalmente só ficam visíveis na versão mobile do seu site. Se você quiser resolver esses espaços você tem então duas opções:
Primeiro, entre no seu Blogger, escolha a matéria que você quer arrumar, depois clique no lápis no canto esquerdo e escolha a opção "< >Visualização em HTML". 

Agora basta achar o código br (que se traduz como uma linha de espaço em branco), e deletar ele, indo de algo como </a><br /><div para </a><div. Pronto, a linha invisível foi deletada de todas as versões do seu site.
O problema com isso é que você tem de arrumar todos os espaços em branco manualmente, indo de matéria em matéria, mas existe outro jeito.
Vá novamente para a sua conta do Blogger, depois clique em "Tema" no lado esquerdo, depois em "Personalizar". Mais uma vez no novo menu você vai clicar em "Avançado", e na flecha ao lado de "Página", nesse novo menu você vai descer até o fim e escolher a opção "Adicionar CSS", agora você vai colar esse código aqui:

@media(max-width: 800px) {
 a + br  {
    display: none;
  }

Esse código irá fazer com que todas as tags a seguidas da tags br sejam "deletadas" de qualquer tela menor do que 800 px (você pode mudar o tamanho da tela se quiser).
O problema desse método é que dependendo do quanto seu site já foi customizado, e seu estilo de formatação, você pode acabar deletando coisas que não queria, sem contar que "deletar" a tag a (que é a tag do hyperlink, 
que é usado para ligar uma página a outra) pode não ser uma boa ideia para você, por isso esse método não é recomendado para todos os blogueiros. Tente adicionar o código e ver se ele funciona para você, se não funcionar basta deletar ele e salvar.
Bom, depois disso tudo fica apenas uma pergunta, de onde vem esses espaços em branco "invisíveis"? Bom, eles são colocados pelo próprio Blogger de forma automática por vários motivos diferentes, incluindo formatação de tag errada, dar espaços com Shift + Enter, tags HTML não suportadas, colar diretamente textos copiados de fontes externas no corpo do editor de postagem e muito mais. Por isso esse tipo de coisa deve acontecer com você em algum momento quer você queira ou não.


Se você chegou até o fim desse tutorial que tal agora dar uma passadinha em nossa página oficial em RWF? Lá você vai encontrar nossas matérias mais engraçadas, artísticas e curiosas. Obrigado pelo seu tempo e até a próxima!