quinta-feira, 23 de maio de 2019

Conheça agora a origem do nome das cores

As cores são universais, elas estão literalmente em tudo, mas de onde veio o seu nome, por que chamamos o azul de azul, o preto de preto?
Conheça agora a origem do nome das cores e se surpreenda, e depois, claro, venha curtir o nosso facebook em Real World Fatos
E se quiser ver mais origens interessantes de palavras, sugiro que leia nossa série de matérias "A origem de algumas palavras que você usa, mas não sabe de onde vieram".

A cor azul tem sua origem, assim como muitas outras cores dessa lista vão ter, na língua proto-europeia, eles usavam a palavra "bhle" para definir uma cor clara, o problema é que essa palavra também podia ser usada para o amarelo, o que causava confusão. 
"Bhle" acabaria evoluindo para "blue" com o passar dos anos, já a palavra "azul" veio do árabe, que por sua vez veio do termo persa que designa uma pedra preciosa chamada lápis-lazúli. De "lazúli" nos fomos para "azul".

A cor vermelha tem o seu nome da palavra "reudh", usada pelos nossos ancestrais para definir coisas de aparência corada ou avermelhada. A palavra acabou evoluindo para "red".
Já "vermelho" vem de "vermillus", que significa "pequeno verme" em latim, uma referencia a cochonilha, um pequeno inseto do qual é extraído o corante carmim utilizado em tintas, cosméticos e como aditivo alimentar. 
Curiosamente esse inseto também deu seu nome a cor escarlate cuja origem vem da palavra "coccinus".

A cor amarela sempre esteve ligada ao azul e o verde, por isso seu antigo nome "Ghel" podia ser usado para descrever tanto o amarelo quanto o verde. "Ghel" virou "yellow" com o passar dos séculos.
A palavra "amarelo" tem a sua origem no latim hispânico "amarellus", de "amãrus" que significa "amargo". 
Mas por que a cor amarela era amarga? Isso ninguém sabe ao certo mas acredita-se que a relação possa ser devido ao fato do limão ser amarelo e ter um gosto amargo, e também do fato da mesma coisa acontecer com o bile humano que é amarelado e também amargo.


Assim como o amarelo, a cor verde se chamava "Ghel" que se transformou em "Grene" e depois "Green", a palavra era usada para se referir a coisas que ainda eram novas, ou seja, não estavam maduras.
Em latim, o verbo era "viridem", que acredita-se que significava algo como "crescer", de "viridem" nós fomos para "verde".

"Black" vem da antiga palavra "bhleg", que significava na verdade várias coisas, incluindo "escuro", "tinta" e "queimar". 
Já "preto" vem do latim "appectoráre", que significava algo como "comprimir contra o peito", já que a cor preta era associada a coisas densas e apertadas. Com o tempo, a palavra se transformou em "apretar" e depois ganhou a forma atual "preto".


"Kwintos", essa era a palavra proto-europeia usada para se referir a coisas claras, ela evoluiu para "White". 
Já a palavra "branco" tem sua origem na língua germânica e significava originalmente algo "reluzente", "brilhante" ou "polido". Muito usada para se referir a espadas, ou "armas brancas".


O marrom é curiosamente uma cor relativamente nova, com origem em 1000 D.C, derivado do germânico antigo "brunoz" ou "bruna". A palavra era usada para se referir a um "preto brilhante" ou qualquer cor que fosse escura.
Já a palavra "marrom" vem do francês "marron" que era a palavra usada para se referir as castanhas.


Para muitos o bege é uma cor sem graça, e não é pra menos, a palavra se origina do francês "beige", que significa "sem cor", termo que historicamente se aplicava à cor natural da lã ou a qualquer tecido ainda não tingido nem alvejado.


O roxo também é relativamente novo, com origem no século IX D.C. no inglês antigo "aspurpul" que viraria "purple" no futuro. 
E roxo é do latim "russeus", que na verdade era o nome dado para o vermelho-escuro, e não necessariamente o roxo em si.

Já "púrpura" vem do latim "purpura" que era uma referencia ao molusco do qual se extraía esse corante avermelhado chamado em grego de porphyros. 
Esse pigmento era tão caro que ele era reservado inicialmente apenas às vestes imperiais.


A cor laranja, como você já deve ter imaginado, foi batizada em homenagem a fruta laranja.
O nome dessa cor deriva da palavra sânscrita para o fruto "naranga". Com o passar do tempo isso se transformou no "naranj" e depois "orange". 
Antes disso, o mundo de língua inglesa se referia à cor laranja como "geoluhread", que literalmente se traduz como "amarelo-vermelho".


Uma das cores mais recentes do mundo é o "rosa/pink", que foi registrado oficialmente pela primeira vez em 1733. 
No século XVI, "pink" era o nome comum para descrever uma planta cujas pétalas tinham uma variedade de cores, e originalmente pode ter vindo de uma palavra holandesa da mesma grafia que significava "pequena". E "rosa" vem do latim "rosa" mesmo.


E o cor-de-rosa intenso, meio purpúreo, chamado fúcsia, foi nomeado por causa das flores da planta de mesmo nome. 
O nome em si foi dado em homenagem a Leonard Fuchs, botânico sueco do século XVI.


"Cinza" vem do latim "cinis", que era o nome do "material sobrado de um processo de combustão".
Já seu nome em inglês "gray" vem do "grai" ou "grei" do inglês médio. O primeiro uso registrado de cinza como um nome de cor no idioma inglês foi em 700 D.C.


A cor ouro ou dourado ganhou seu nome do metal precioso ouro, cujo nome por sua vez vem do latim "aurum", por isso seu simbolo na tabela periódica é AU.
"Aurum" pode ser vagamente traduzido como "amanhecer brilhante", que foi o nome usado para descrever o ouro na Roma Antiga.

Gostou? Real World Fatos também está no facebook, deixe a sua curtida e nós ajude a crescer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário