quinta-feira, 10 de novembro de 2022

Imagens macabras e suas histórias - Parte 23

Chegamos em mais uma parte de nossa série bizarra sobre imagens macabras e as histórias por trás delas. Será que você tem coragem de ver até o fim dessa galeria? Bom, vamos descobrir.

Atenção! A matéria a seguir não é recomendada a todos os públicos!

Resultado de um encontro com uma água-viva Cubozoa 


Raio-x de um feto cuja a mãe foi baleada, a imagem é da Síria


Bolhas causadas pela doença viral Monkeypox, ou Varíola dos Macacos


Noma, estomatite gangrenosa, cancrum oris ou cancro oral, esses são o nome de uma infecção bacteriana destrutiva dos tecidos faciais e bucais que atinge mais frequentemente pacientes debilitados e gravemente desnutridos, em particular crianças


Maca onde os prisioneiros do Corredor da Morte encaram o seu destino final via injeção letal


Aqui vemos o serial killer John Wayne Gacy sorrindo ao ser preso após matar e estuprar vários garotos


Essa é Markha, uma menina cujas pernas foram arrancadas em um ataque russo na Primeira Guerra chechena em 1995. A explosão ainda matou a sua mãe


Homens e crianças da Índia durante a onde de fome sob regime do governo britânico


Negros sendo humilhados por brancos durante um protesto onde eles se sentaram em um restaurante para brancos em Jackson, Mississippi, 28 de maio de 1963


Raio-X de Ron Hunt, um trabalhador americano de construção civil que caiu de uma escada e teve sua cabeça perfurada por uma broca de 2,5 centímetros de espessura que atravessou seu olho esquerdo e saiu na parte de trás do crânio. Felizmente a broca deslocou o cérebro de Hunt em vez de penetrá-lo, salvando a sua vida no processo


O deputado Budd Dwyer se suicidou ao vivo na TV após condenações por corrupção em 1987. As 5 câmeras não conseguiram ou não quiseram cortar a transmissão. Sua últimas palavras foram: "Afastem-se, esta coisa vai machucar alguém"


Pés de lótus, uma prática chinesa de amarrar os pés das mulheres para evitar que eles cresçam. Na China imperial, os pés de lótus eram considerados um símbolo de status e uma marca de beleza feminina. No entanto, a amarração dos pés era uma prática dolorosa que limitava a mobilidade das mulheres e resultava em deficiências ao longo da vida


Com mais de 2000 anos Xin Zhui, também conhecida como Lady Dai, é uma mulher mumificada da dinastia Han da China, ela é a múmia mais bem preservada do mundo, tendo até mesmo cabelo natural


Cabeça mumificada, chamadas de Mokomokai ou Toi moko. Neste processo, o cérebro e os olhos eram removidos e todos os orifícios do crânio eram selados com fibras de linho e goma. A cabeça era então colocada no vapor de um forno, antes de ser defumada no fogo, depois deixada ao sol por vários dias, para em seguida era hidratada com óleo de gordura de tubarão

Se você chegou até o fim dessa lista, que tal dar uma curtida em nossa página oficial?

Nenhum comentário:

Postar um comentário