segunda-feira, 13 de junho de 2022

Veja de onde veio a inspiração para esses filmes e séries #3

Inspiração para criar algo único é tudo que um escritor precisa, mas será que ele é único mesmo? Afinal a inspiração pode vir de vários lugares diferentes, seja de um livro, de uma ideia que você teve no chuveiro ou até de algo que já foi feito antes. Veja agora mesmo de onde veio a inspiração para mais alguns filmes e séries que você já deve ter assistido ou ouvido falar.

A série Dark é daquelas que fazem você coçar a cabeça, talvez porque a série era na verdade para ser dois projetos diferentes! Inicialmente Dark era uma ideia para um programa policial, mas seus criadores também tinham um filme na cabeça, um de viagem no tempo. Quando a Netflix resolveu contratar os criadores eles resolveram juntar ambos os projetos em uma só série.
Tendo crescido em uma pequena cidade os criadores tinham um fascínio com o assunto de segredos macabros se escondendo atrás de portas fechadas em uma pequena cidade. Twin Peaks, de David Lynch, que trata do mesmo assunto, serviu de base para a criação. Eles também foram inspirados por suas infâncias em pequenas cidades alemãs durante o desastre nuclear de Chernobyl, quando a liberação de materiais radioativos espalhou o medo de contaminação. Outra grande influência para a série foi o rei do terror Stephen King e seus vários livros e contos aterrorizantes.

Hamilton é um dos shows de maiores sucesso da história da Broadway, e sua chegado no serviço de streaming Disney+ apenas aumentou o seu sucesso. Mas de onde Lin-Manuel Miranda tirou a ideia de fazer um musical sobre Alexander Hamilton? A ideia veio de um livro, e não, o livro não tinha nada de musical.
Em um aeroporto, durante as suas férias do seu musical de sucesso da Broadway, In the Heights (Nas Alturas), Lin-Manuel Miranda comprou e leu "Alexander Hamilton", uma biografia escrita por Ron Chernow. Depois de terminar os primeiros capítulos, Miranda começou a imaginar a vida de Hamilton como uma peça de teatro e começou a pesquisar se uma peça sobre sua vida já tinha sido feita, e pra surpresa dele a resposta foi sim, uma outra peça sobre a história de Hamilton já havia sido feita na Broadway, em 1917, com George Arliss dando vida a Alexander Hamilton. Para não ser confundido com a outra peça Miranda fez questão que a sua fosse um musical, algo que ele já tinha experiência em escrever, misturando hip hop com jazz e outros estilos. E deu no que deu.

A série 13 Reasons Why começou bem, mas foi decepcionando seu público a cada nova temporada, mas de onde veio a inspiração para uma série tão dramática? De um livro é claro. Mas de onde veio a inspiração para o livro? "Thirteen Reasons Why" foi parcialmente inspirado por um parente do escritor Jay Asher, que tentou cometer suicídio uma vez. Já a ideia de usar gravações, segundo o próprio autor, veio de uma visita a um cassino em Las Vegas, onde ele usou um guia de áudio gravado em um tour de uma exposição sobre o rei Tutancâmon do Egito. Ele achou que seria algo nunca antes visto em um livro e resolveu usar a ideia.
Curiosamente, antes de escrever esse livro dramático, Asher escrevia comédias e livros infantis, mas nenhum deles foi bem sucedido.

Christopher Nolan "pegou emprestado" algumas das idéias de Inception (A Origem) da arte de M.C. Escher. Você até pode ver um de seus projetos no próprio filme, enquanto Arthur e Ariadne andam pelo mundo dos sonhos. As escadas de Penrose são na verdade criação de Escher. Nolan chegou até a nomear o personagem de Maurice Fischer, uma referência ao nome do artista, que é Maurits Escher.

O Grande Lebowski foi inspirado por pessoas de verdade, os irmãos Coen conheceram um produtor de cinema chamado Jeff Dowd enquanto tentavam distribuir seu filme Blood Simple, ele foi a primeira inspiração para o personagem, mas eles também se inspiraram na história de outra pessoa da vida real, um consultor de roteiros chamado Peter Exline.

O filme Cisne Negro roubou várias cenas do anime Perfect Blue. O diretor de Cisne Negro, Darren Aronofsky, disse que os filmes realmente se parecem, mas negou ter plagiado o anime. Meses depois, porém, repórteres descobriram que Darren havia se encontrado com o criador de Perfect Blue para comprar os direitos do anime, e outro filme dele, chamado Requiem for a Dream, também havia "pego cenas emprestadas" do filme animado.

Mais um caso de plágio veio do queridinho dos anos 80, o Exterminador do Futuro, que pegou inspiração até demais do episódio "Soldier" da série de 1964 "The Outer Limits". Ambos os projetos envolvem um soldado do futuro que volta no tempo e salva a vida de uma mulher de um soldado inimigo que também é do futuro.
No fim os criadores do Exterminador foram processados, resolveram pagar fora do tribunal e ainda tiveram de dar créditos ao criador de Soldier.

Dan Aykroyd nasceu em uma família de espiritualistas, o que é parte da razão pela qual ele escreveu Ghostbusters (Caça-Fantasmas). Seu bisavô era na verdade um renomado espírita, que ensinou o que ele sabia ao pai de Dan, que por sua vez ensinou tudo ao seu filho.

2001 - Uma Odisséia no Espaço de Stanley Kubrick foi inspirado pelo documentário de 1960 "Universe". Kubrick até tentou contratar um dos diretores do documentário para trabalhar no seu filme, mas o cara recusou o emprego. Os artistas de efeitos especiais de "Universe" chegaram a trabalhar em 2001, e o narrador do documentário, Douglas Rain, foi a voz do personagem HAL.

Apocalypse Now é vagamente baseado no livro Coração das Trevas de Joseph Conrad (1899), que por si só é baseado em eventos que ocorreram ao autor.
O livro narra uma viagem pelo Rio Congo até o Estado Livre do Congo, no coração da África. Charles Marlow, o narrador, conta sua história aos seus amigos que estão a bordo de um barco ancorado no Rio Tâmisa. Já no filme o cenário foi alterado do final do século XIX, no Congo, para a Guerra do Vietnã. O filme segue uma viagem fluvial do Vietnã do Sul ao Camboja, realizada pelo capitão Benjamin L. Willard (personagem baseado em Marlow), que está em uma missão secreta para assassinar o coronel Kurtz (personagem baseado no Sr. Kurtz do livro) um renegado oficial das Forças Especiais do Exército acusado de assassinato e que é considerado louco.

Lawrence da Arábia é na verdade um filme semi-biográfico, ele foi inspirado nas experiências de vida do diplomata e oficial militar galês Thomas Edward Lawrence, que ficou na Península Arábica durante a Primeira Guerra Mundial. Ele documenta as lutas emocionais do oficial com a violência inerente à guerra, sua própria identidade e sua lealdade dividida entre a Grã-Bretanha, sua terra natal, e seus amigos das tribos do Deserto da Arábia.

Leonardo DiCaprio e Tom Hanks estrelaram os papéis principais em Prenda-Me se For Capaz, e o filme foi baseado na vida de Frank Abagnale Jr. O jovem Abagnale tornou-se um especialista em falsificação e disfarce e conseguiu roubar milhões de dólares em cheques, atuando como falso piloto da Pan Am, médico e até promotor público.
Se você quiser saber mais sobre a história real de Abagnale Jr. sugiro que clique aqui agora mesmo.

Uma Mente Brilhante é mais um filme baseado em uma história real. John Forbes Nash Jr. foi um matemático norte-americano brilhante e esquizofrênico que trabalhou com teoria dos jogos, geometria diferencial e equações diferenciais parciais, servindo como Matemático Sénior de Investigação na Universidade de Princeton, chegando a ganhar o Prêmio de Ciências Econômicas em Memória de Alfred Nobel de 1994 junto com seus colegas Reinhard Selten e John Harsanyi.
Um livro biográfico foi escrito sobre o cara, e esse livro inspirou o filme, que recebeu quatro Oscars em 2001.

Acredite ou não a série Unbreakable Kimmy Schmidt foi inspirada por sua própria atriz principal, Ellie Kemper. O show foi criado por Tina Fey e Robert Carlock quando executivos da NBC os pediram para desenvolver um show feito especialmente para a atriz. Fey afirmou que eles encontraram uma "inocência" no rosto de Kemper, mas também notou que havia uma "força" nele. Uma ideia era que o programa fosse centrado no personagem de Kemper acordando de um coma, mas essa ideia foi abandonada em favor da história dela ser uma sobrevivente de um culto.

A série The Umbrella Academy, como não podia deixar de ser, foi inteiramente baseada em uma revista em quadrinhos homônima lançada em 2007. Originalmente um filme seria produzido, mas ele nunca saiu do papel.
Já a revista em quadrinhos foi baseada nas revistas do grupo Patrulha do Destino da DC Comics, que também é sobre uma família de heróis disfuncionais.

Gostou da matéria? Então venha curtir o nosso facebook em Real World Fatos para ler mais delas. E não se esqueça de ativar as nossas notificações também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário