quarta-feira, 26 de maio de 2021

Veja alguns filmes e jogos que foram cancelados e você nem sabia #2

No mundo do entretenimento vale apenas uma coisa, dinheiro, então se algo der dinheiro ele ganha uma sequência, certo? Errado. Por vários motivos séries, filmes e jogos foram cancelados nas últimas décadas, e muitos deles você provavelmente nem fazia ideia de que estavam em desenvolvimento.
Veja agora mesmo mais alguns filmes, séries e jogos que foram cancelados e você nem ao menos sabia.

A série Supernatural tem milhões de fãs ao redor do mundo e ela ficou no ar por mais de uma década, mas eles nunca tiveram muita sorte com séries derivadas, todas elas foram canceladas antes mesmo de entrarem em produção. Mas hoje vamos focar em sua última tentativa, Wayward Sisters.
A nova série iria ser formada por um elenco inteiramente feminino, ela seguiria as aventuras da Xerife Jody Mills e suas filhas adotivas, que, assim como Sam e Dean, caçariam monstros por aí. Pena para os fãs que a série foi cancelada sem cerimônias, o que aconteceu é que a produtora decidiu fazer um spin-off de Vampire Diaries no lugar.

O filme "Napoleon" seria produzido por ninguém menos do que Stanley Kubrick. Basicamente depois do sucesso de seu filme 2001 - Uma Odisseia no Espaço, o diretor assistiu todos os filmes sobre Napoleão Bonaparte que ele conseguiu encontrar, e percebeu que ele não gostava de nenhum deles, ele então leu livros e fez sua própria pesquisa, o que levou a um roteiro. Kubrick chegou até a dizer que esse seria "o melhor filme já criado".
Infelizmente as ideias loucas de Kubrick eram só isso mesmo, loucas. O longa foi cancelado por ser caro demais, e porque outros filmes de Napoleão não deram lucro algum as suas produtoras. Hoje em dia o roteiro do filme está na internet, e a HBO deve transformar ele em uma série.

This is Vegas, ou apenas Vegas, seria um super-jogo para X-Box 360 e Playstation 3. Como o nome indica o game se passaria na cidade de Las Vegas, e ele seria uma espécie de rival das séries GTA e Saints Row, com um mundo aberto e personagens cativantes. O jogador poderia apostar em cassinos, dançar em clubes, se envolver em brigas e dirigir por aí. Mas infelizmente várias coisas deram errado, primeiro o motor do jogo não tinha sido feito para jogos de mundo aberto, segundo sua produtora estava indo a falência, e por último a Warner Bros., que iria distribuir o jogo, mandou seus produtores retirarem todas as piadas com celebridades que eles haviam feito. 
No fim o game foi cancelado, foram quase 5 anos de trabalho e US$ 60 milhões jogados fora.

O estúdio por trás do filme Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos estava tão convencido de que essa nova adaptação de livros para adolescentes seria um sucesso, que eles anunciaram uma sequência chamada Os Instrumentos Mortais: Cidade das Cinzas, antes mesmo do primeiro filme sequer ser lançado. Eles fizeram isso porque viram que outros filmes baseados em livros para adolescentes foram todos bem sucedidos, como por exemplo as sagas Harry Potter e Jogos Vorazes, então claro que o filme deles também seria um sucesso estrondoso.
Infelizmente, Cidade dos Ossos não impressionou ninguém, os críticos, público e até os fãs dos livros originais, todos reclamaram do filme. Isso resultou em um desempenho tão ruim nas bilheterias que o estúdio descartou os planos da sequência o mais rápido que eles conseguiram.

Marvel: Chaos não podia ser mais simples, ele iria ser um jogo de luta com personagens da Marvel Comics, ele seria uma versão melhorada do jogo Marvel Nemesis: Rise of the Imperfects. Sua produtora chegou a fazer um protótipo do game antes de ser fechada, mas Chaos nunca foi lançado, imagens vazadas são a única prova de que ele sequer existiu.

Em um mundo onde a Marvel estava fazendo bilhões com seus filmes de heróis, a Lionsgate queria sua própria franquia baseada nos quadrinhos, o escolhido foi Dredd, um juíz executor que vive em uma distopia futurista. 
Tudo estava pronto para fazer desse filme uma franquia lucrativa, exceto a parte dos lucros. O longa custou 45 milhões, e só lucrou 41 milhões nos cinemas, isso sem contar que as críticas não foram tão positivas assim. Os planos de uma sequência, que focaria no passado de Dredd, nunca foram, ironicamente, executados.

Gotham By Gaslight seria um jogo baseado nos quadrinhos de mesmo nome, ele seria em terceira pessoa, e mostraria Batman, o maior detetive do mundo, perseguindo o serial killer conhecido como Jack, o Estripador. Infelizmente a THQ aparentemente teve problemas em conseguir a permissão da DC Comics para licenciar os personagens, o que assassinou o projeto.

Se você acha que o filme de 2018 Pantera Negra foi a primeira versão do personagem nas telonas, você está absolutamente certo, mas esse filme não foi a primeira tentativa disso. Nos anos 90 a Marvel iria produzir um filme do herói africano com Wesley Snipes no papel principal, mas essa versão iria ser um pouco diferente, ela iria mostrar o guerreiro de Wakanda literalmente se juntando ao movimento chamado Panteras Negras.
Depois de meses de problemas com roteiros, computação gráfica e diretores o filme simplesmente não podia competir com os filmes da DC Comics, ele então foi cancelado. Snipes foi contratado para interpretar Blade, outro herói da Marvel, e, por quase 30 anos, o filme Pantera Negra ficou esperando uma nova chance.

MIB - Homens de Preto e Anjos da Lei são duas séries de comédia de sucesso, então nada mais óbvio do que juntar ambas no mesmo filme não é mesmo? Pelo menos era isso que alguns e-mails da Sony vazados em 2014 pareciam indicar. O filme iria se chamar MIB 23 e seria dirigido por James Bobin, e provavelmente mostraria os personagem de Channing Tatum e Jonah Hill caçando aliens com os Homens de Preto.
No fim porém as coisas não deram certo, Jonah Hill sentiu que o filme não tinha nada a ver com os outros Anjos da Lei, que faziam paródias de sequências e reboots, e em 2019 o filme foi cancelado oficialmente.

Agora vamos falar de Agent (que nós já cobrimos nessa matéria aqui), o game era o mais novo título da Rockstar, a mesma produtora de GTA e Red Dead Redemption, ele era um jogo de espionagem e iria ser originalmente exclusivo para Playstation 3. Infelizmente não se sabe mais nada do projeto secreto, algumas imagens vazaram online, mas nenhuma delas explica a história do jogo ou algo mais concreto.

"Mouse Guard" (Os Pequenos Guardiões), um filme baseado em uma série de quadrinhos sobre ratos guerreiros feito em computação gráfica, tinha tudo pra dar certo, grandes nomes como Idris Elba e Andy Serkis já estavam confirmados, e o diretor Wes Ball estava pronto para filmar. O grande problema é que o filme era da Fox, que acabou sendo comprada pela Disney, que, apenas duas semanas antes das gravações do filme começarem, cancelou todo o projeto. Aparentemente o longa custaria cerca de US$ 170 milhões, muito caro para os gostos da Disney.

Demorou 20 anos para o clássico Independence Day ganhar uma sequência, mas o que poucos sabem é que Independence Day: O Ressurgimento deveria ser o primeiro filme de uma trilogia. Mas o longa foi abatido pelos críticos, isso sem contar que ele lucrou quase US$ 500 milhões a menos do que o primeiro filme. As duas sequências foram canceladas depois do estrago.

A saga Divergente deveria ter quatro filmes, mas apenas três foram lançados, todos eles receberam criticas ruins, mas o primeiro foi um sucesso de bilheteria, o que motivou uma sequência, que por sua vez fez menos dinheiro do que o primeiro mas ainda assim foi suficiente para um terceiro filme, que fez ainda menos dinheiro do que o segundo e matou por completo a quadrilogia.
Foi anunciado algum tempo depois que nenhum diretor queria dirigir a bomba que seria o quarto filme, por isso foi decidido que a série iria para a televisão, mas o tiro saiu pela culatra, e a noticia fez com que os atores dos filmes largassem seus papéis. 

Jumper era um filme baseado em um livro sobre um cara que tinha o poder de se teletransportar aonde quisesse. O filme foi ruim, recebeu péssimas criticas e não fez tanto dinheiro quanto o esperado, por isso todo mundo se surpreendeu quando dois anos depois de seu lançamento foi anunciado que uma sequência iria ser produzida.
O segundo filme iria ser mais emocional e dramático do que o primeiro, provavelmente para tentar agradar os críticos e conseguir um interesse maior. Infelizmente parece que a Fox não tinha mais interesse no filme e o projeto foi cancelado, ele agora deve virar uma série de televisão.

O que exatamente era o jogo Project Ragtag? O que se sabe é que ele seria um jogo situado no universo de Star Wars, ou Guerra nas Estrelas. O projeto seria liderado pela criadora da aclamada série Uncharted, Amy Hennig. Era pra ele ter sido um jogo linear sobre um assalto em grande escala, ocorrendo na sequência dos eventos de Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança. 
A Motive Studios e EA Vancouver ajudaram o desenvolvimento do jogo, que era da Visceral Games. Em algum ponto do seu desenvolvimento foi feita a decisão de refazer o jogo como um game de mundo aberto, o que iria exigir muito trabalho e dinheiro. Para piorar a EA começou a investir pesado em outros jogos do universo Star Wars, até mesmo dizendo que a Visceral não podia mais contratar pessoas para trabalhar em Ragtag. Isso levou a vários problemas internos, e no fim a EA decidiu fechar a Visceral por completo.

O herói Flash iria ganhar seu próprio jogo feito pela Bottlerocket Entertainment. o game iria contar a história de Wally West e não de Barry Allen, ele contaria com um sistema de velocidade, combate e até de moralidade. Infelizmente tanto a produtora do jogo quanto sua distribuidora foram a falência, e o jogo do homem mais rápido do mundo foi rapidamente descartado.

Mega Man Universe é apenas um dos vários projetos cancelados do personagem na última década. Universe era pra ser um retorno às raízes de Mega Man, mas com um design de personagem inteiramente novo, ele seria um jogo de ação com rolagem lateral em que o personagem seria totalmente personalizável. O jogo também incluiria uma mecânica de construção de nível similar ao game Super Mario Maker, para que os jogadores pudessem criar seus próprios estágios e compartilhá-los com os seus amigos.
Infelizmente a Capcom cancelou o projeto por razões até hoje não reveladas. Na mesma época, o criador da série Mega Man, Keiji Inafune, deixou a empresa, levando muitos a acreditar que sua partida pode ter levado a Capcom a reavaliar a franquia.

Curtiu a matéria? Esperamos que sim. Agora não deixe de curtir, comentar e compartilhar. Você pode nós encontrar aqui, junto com nossas melhores matérias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário