quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

Doenças tão raras que você nem conhecia elas #2

Infelizmente o nosso mundo é cheio de doenças, isso é um fato que nunca deve mudar, mas algumas delas são tão raras que você provavelmente passaria sua vida inteira sem sequer saber que elas existem. Mas isso vai mudar agora, confira mais algumas das doenças físicas e mentais mais raras do mundo.

Aqueles que sofrem de EHS (síndrome da cabeça explodindo) ouvem um barulho muito alto dentro de sua própria cabeça, esse barulho já foi descrito como "uma explosão" ou um "estrondo". A causa da doença é desconhecida, mas é dito ser um tipo de alucinação auditiva que acontece quando alguém está entre os estados de dormindo e acordado.

Bibliomania é uma desordem obsessiva-compulsiva, que consiste em colecionar livros, muitos livros, todos os livros, não importando seu estado, valor ou raridade, ou mesmo se a pessoa já tem esse livro em particular em sua coleção. A pessoa que possui essa desordem compra livros sem ter dinheiro até ficar endividada, sem contar que sua casa fica tão cheia que é impossível de se viver nela.

Aboulomania é uma doença mental que faz com que a pessoa seja incapaz de fazer escolhas, elas ficam paralisadas na hora de dizer suas preferências. Na verdade a doença não é o medo de fazer decisões, é o medo de fazer uma decisão errada, o que leva a pessoa a nunca fazer uma decisão para nunca estar errado.

Tricotilomania é um transtorno psicológico onde aqueles que sofrem desse distúrbio de controle de impulsos arrancam os fios de sua cabeça para controlar a ansiedade e o nervosismo. Algumas vezes eles até chegam a comer o cabelo depois de arrancar ele. O resultado são grandes falhas no couro cabeludo, mas por sorte nada impede esse cabelo de crescer novamente.

E falando em cabelo, a síndrome de Marie Antoinette é uma suposta condição onde os cabelos de uma pessoa ficam brancos do nada.
nome da doença vem da lenda sobre o cabelo da rainha Maria Antonieta da França ter ficado totalmente branco após sua captura durante a Revolução Francesa, que levou a sua execução.

Koro, ou síndrome de redução genital, é uma patologia na qual a pessoa acredita que seus órgãos genitais estão reduzindo ou até mesmo sumindo de seu corpo. Até hoje especialistas debatem sobre as causas dessa doença.
Curiosamente a palavra koro veio do malaio e significa "cabeça de uma tartaruga", referindo-se à capacidade delas de "encolherem" a cabeça nos seus cascos.

Celebriphilia é a obsessão por uma ou mais celebridades, as pessoas que sofrem desse distúrbio querem estar perto e se envolver romanticamente com celebridades que elas nunca sequer conheceram na vida real. Isso leva a casos onde a pessoa acaba indo presa devido a tentativas obsessivas de se encontrar com essas celebridade.

A síndrome de Lesch-Nyhan (SLN) é uma síndrome metabólica rara, hereditária, causada pela deficiência da enzima hipoxantina guanina fosforiboxiltransferase (HGPRT), ela afeta aproximadamente um em cada 380.000 pessoas, e ela se manifesta via auto-canibalismo, a pessoa simplesmente começa a morder e arrancar pedaços de seu próprio corpo, incluindo sua língua, braços, bochechas, dedos e lábios. Alguns casos são tão ruins que o paciente tem de ter seus dentes removidos para sua própria segurança.

A licantropia clínica é uma doença psiquiátrica rara na qual uma pessoa sofre uma ilusão de poder se transformar, ou de já ter se transformado, em um animal. Eles chegam a mudar o seu comportamento, andando de maneira diferente, comendo alimentos estranhos e parando de se comunicar com outras pessoas.

A síndrome de Klüver-Bucy é um distúrbio comportamental que ocorre quando ambos os lobos temporais esquerdo e direito do cérebro não funcionam adequadamente ou são removidos completamente. Isso obviamente leva a várias mudanças comportamentais, pessoas que sofrem dela já relataram vários sintomas diferentes, incluindo: se apaixonar por carros e objetos inanimados, perda de memória, perda completa do medo, inabilidade de reconhecer os seus amigos e parentes próximos e regressão de comportamento para uma idade mais nova. Infelizmente não existe cura para esse dano cerebral, e os sintomas duram o resto da vida.

A síndrome de Waardenburg é uma doença hereditária que se carateriza pela perda de audição e por mudanças na coloração do cabelo, da pele e dos olhos. O primeiro a descrever esta doença foi o oftalmologista holandês Petrus Johannes Waardenburg, daí o seu nome.

A síndrome de Marfan afeta o coração, os olhos, os vasos sanguíneos e até os ossos das pessoas. Pacientes com essa doença são altos e magros, tem braços, pernas e dedos alongados.
A síndrome é causada por uma mutação no gene FBN1, um dos genes que constitui a fibrilina, que resulta na formação de tecido conjuntivo anormal.

A síndrome de Prader-Willi (PWS) é uma desordem genética causada devido à perda de função de genes específicos. Em recém-nascidos os sintomas incluem músculos fracos, má alimentação e desenvolvimento lento. Já nos adultos a doença vira uma fome inesgotável, o que faz com que os pacientes comam sem nunca esgotar seu apetite, levando a obesidade mórbida e diabetes. Também há deficiência intelectual leve a moderada e problemas comportamentais. Muitas vezes, a testa é estreita, as mãos e os pés pequenos, a altura baixa, a cor da pele clara e o paciente também é incapaz de ter filhos.

síndrome de Klippel–Trénaunay é uma rara síndrome congênita na qual vasos sanguíneos e linfáticos formam-se de maneira que eles por sua vez formam hemangioma capilar, que são essas manchas que você vê acima. Para piorar ainda mais as anomalias venosas costumam causar dor, queimação, edema, hemangiomas, cansaço e úlceras varicosas.

Soluço crônico é exatamente o que o nome sugere, eles são soluços que não somem facilmente, chegando a durar dias, semanas, meses e, em casos raros, até mesmo anos sem ir embora. O motivo por trás disso é um dano ou irritação causado nos nervos vago ou frênico, que servem ao músculo diafragma.

Insensibilidade congênita à dor é uma condição super-rara na qual uma pessoa simplesmente não consegue sentir dor física. Embora ela pareça mais uma benção do que uma doença, ela é na verdade uma das piores condições que poderia acontecer a uma pessoa. Sem sentir dor o paciente acaba se machucando e nunca percebendo, por isso ele tem sempre de tomar muito, mais muito cuidado mesmo com tudo que ele faz, já que até o menor dos cortes pode levar a uma infecção séria.

A urticaria do frio é literalmente uma alergia ao frio. Pessoas que sofrem disso acabam tendo urticarias em sua pele ao serem expostas a temperaturas frias.
Pessoas com essa doença experimentam sintomas muito diferentes, alguns têm reações menores ao frio, enquanto outros têm reações mais graves, por exemplo, nadar em água fria pode levar a pressão arterial muito baixa, desmaio e até choque.

Convulsão musicogênica é uma doença muito rara, ela atinge apenas 1 a cada 10.000.0000 de indivíduos, ela faz com que uma pessoa não possa ouvir música, se ela fizer isso ela sofre com convulsões. 
O motivo por trás dessa reação é uma atividade elétrica cerebral desorganizada ou anormal quando uma pessoa ouve ou é exposta a um tipo específico de som ou estímulos musicais.

A gente também está no facebook, se quiser ver mais matérias interessantes, deixe a sua curtida e ative as nossas notificações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário