sexta-feira, 10 de julho de 2020

O ciclone já passou...

... mas a dor ficou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário