quinta-feira, 25 de junho de 2020

Não mate o português

Nossa língua sofre quase tanto quanto o povo sofre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário