quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Novo filme da Marvel, Os Eternos confirma herói abertamente LGBTQ+ e deficiente

O novo longa da Marvel, Os Eternos, terá um herói abertamente gay. Em entrevista ao Good Morning America, Kevin Feigi, o presidente do Marvel Studios, afirmou que a homossexualidade é parte importante do personagem: "Ele é casado, tem família e isso é apenas parte de quem ele é". 
A atriz Salma Hayek, que interpretará Ajak no longa, comentou sua escalação: "Como mulher te dizem que não sobreviverá nessa industria após os 30. Eu sou uma super-heroína aos 50." 
Lauren Ridloff, que viverá Makkari, celebrou sua escalação para o papel. A atriz, que é surda na vida real, será a primeira super-heroína com deficiência auditiva do MCU: 
"É uma grande honra. É muito legal interpretar um personagem que tradicionalmente é interpretado por um homem loiro, muito distante de mim".
A cineasta Chloé Zhao vai comandar o filme que é escrito por Matthew e Ryan Firpo, responsáveis por Ruin, eleito um dos melhores roteiros de 2017. 
Ainda não há muitos detalhes sobre a sinopse, mas anteriormente foi divulgado que a trama será uma história de amor entre os Eternos Sersi e Ikaris, retratados no quadrinhos de Jack Kirby. 


Para quem não é fã de quadrinhos, os Eternos foram criados em 1976, eles são uma raça de super-humanos criados pelos alienígenas Celestiais durante sua visita à Terra. Thanos nas HQs é filho de um casal de Eternos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário