segunda-feira, 8 de abril de 2019

Animais que tem uma cor diferente do resto de sua espécie

Esquilos são marrons, gafanhotos são verdes e lagostas são vermelhas, sempre que nós pensamos em um animal nós pensamos quase sempre nas mesmas cores, afinal todo lugar que você olha eles parecem ser iguais. Mas existem muitos animais por aí que fogem do padrão.
Confira essa matéria, e se você gostar dela curta nossa página no facebook em Real World Fatos. E se você tiver tempo que tal ler a nossa matéria sobre os animais mais diferentes do mundo.

A Ayam Cemani é uma rara espécie de galinha nativa da Indonésia que é completamente preta. Ayam é "galinha" em indonésio e Cemani pode ser traduzido como "totalmente preta" em javanês.
Seu bico, penas, patas e olhos são completamente negros, isso tudo é devido a vários cruzamentos de espécies diferentes com o passar do anos.
A carne da ave também é completamente preta, isso fez com que os colonizadores holandeses se recusassem a comer ela.

A Arion rufus é uma espécie de lesma completamente avermelhada, mas ela também pode ser laranja, marrom ou preta. Seu tamanho vária dos 7 aos 14 cm. 
Acredita-se que elas já estivessem vivendo no nosso planeta 180 milhões de anos atrás.

O Caranguejo-do-halloween ficou conhecido por ter uma carapaça colorida, ele chega aos 5 cm e normalmente vive em florestas e dunas de areia, sendo então de fácil identificação já que ele não se camufla em seu ambiente.

O lagostim azul é uma espécie de lagostim de água doce que chama atenção por sua cor única, que é o resultado de uma mutação que causa o excesso de uma proteína em seu corpo, dando a eles esse tom. 
A espécie é tão rara que acredita-se que existam 1 lagostim azul para cada 2 milhões de lagostins vermelhos. Muitos ainda debatem se os lagostins azuis devem ser considerados uma espécie separada ou apenas uma mutação mesmo.

Boto-cor-de-rosa, como o nome indica é rosa, algo diferente dos golfinhos que normalmente são cinzas. 
Embora ele seja o maior golfinho de água doce, ninguém sabe quantos exemplares estão vivos, em 2011 a espécie foi classificada pela União Internacional para a Conservação da Natureza na categoria de espécies com dados insuficientes.

A cobra régia vem em uma variedade de cores, mas seus tons que vão do azul até o vermelho sempre chamaram a atenção das pessoas. Ela chega aos 87 cm e quase sempre se alimenta de outras cobras para sobreviver.

O Sapo-boi indiano se destaca devido a sua coloração amarelada e "bochechas" azuis. Eles vivem em lugares alagados mas estão começando a invadir cidades, causando confrontos com humanos que matam eles para parar a "invasão".

O Katydid cor-de-rosa foge do verde convencional, essa cor é o resultado de uma mutação no gene similar ao albinismo, infelizmente por serem rosas eles são facilmente vistos por predadores no meio das folhas, o que faz com eles sejam caçados primeiro.

Similarmente o Louva-a-deus orquídea também foge do verde para um tom mais rosado, mas ao contrário dos Katydid eles se camuflam sem problemas, isso porque eles ficam em cima das flores das orquídeas quando estão parados, confundindo seus predadores (e humanos também).

O Esquilo Indiano Gigante tem um pelo colorido que varia de duas a três cores, eles vivem no topo das árvores e raramente descem ao chão, passam as manhãs e noites caçando comida e dormem o dia inteiro.
Infelizmente seu casaco de pele é o motivo para ele ser caçado por humanos.

Pandas também podem ser marrons, acredita-se que eles sejam assim devido a uma combinação de mutação genética e dieta diferenciada. 
Eles são muito raros na natureza e normalmente são vistos apenas em cativeiros

O "Leopardo Morango" provavelmente sofre de erythrism, que dá ao seu pelo uma cor rosada. Pelo que se sabe existem apenas dois deles no mundo inteiro.

Essa é a rara zebra dourada, uma zebra que sofre de amelanismo. Existem muitos poucos exemplares delas hoje em dia, e apenas uma delas vive em cativeiro, então é provável que daqui a alguns anos elas desapareçam completamente.

O pombo-de-nicobar é basicamente um pavão em miniatura, suas penas são extremamente coloridas. Curiosamente pesquisas recentes de DNA indicaram que o pombo-de-nicobar é a espécie viva mais próxima do extinto Dodo e do Solitário-de-rodrigues.
Medindo 41 cm e pesando cerca de 600 gramas eles se alimentam principalmente de sementes, frutas e caracóis.

Esse é o gafanhoto arco-iris, nem precisa dizer que seu nome vem de sua carapaça super-colorida não é? Seus hábitos são praticamente iguais aos de outros gafanhotos, ou seja, eles ainda são considerados pragas por muitos.

Essa lesma transparente e violeta é uma espécie de caracol marinho, elas preferem viver nas águas quentes oceânicas tropicais e subtropicais.

Embora esse inseto tenha ficado conhecido como formiga panda, ela na verdade é uma vespa sem asas, sua coloração é diferente de todo o resto.
Elas normalmente vivem sozinhas e não são agressivas, mas quando provocadas podem atacar sem hesitação.

E essa aqui é a formiga veludo vermelho, mas na verdade ela também é uma vespa sem asas, assim como sua parente acima ela ataca quando necessário e sua picada pode ser muito dolorosa, tanto que elas receberam o apelido de "mata vacas" nos E.U.A, mesmo nunca tendo matado nenhuma vaca já da pra imaginar a dor de sua picada.

Esse robin é perfeitamente rosado em seu peito, nativo da Austrália essa pequena ave tem apenas 11 cm. Foram descobertos em 1840, eles se alimentam normalmente de insetos como aranhas, moscas e vários tipos de besouros.

O camaleão pantera branca tem um tom esbranquiçado e vermelho, conforme seu humor muda ele vai ficando cada vez mais avermelhado. 
Em florestas eles não se camuflam muito bem, mas viraram bons animais de estimação.

Esse escorpião não parece muito especial, até as luzes se apagarem e você perceber que ele brilha no escuro. Na verdade a maioria, se não todos, desses animais tem essa capacidade, mas alguns são mais visíveis do que os outros.

O peixe-papagaio-azul é encontrado em recifes de profundidade rasa nas regiões tropicais e subtropicais do Oceano atlântico e do Mar Caribenho, sua cor completamente azulada o ajuda a se camuflar nas águas, pelo menos contra humanos distraídos.

E esse é o fim da matéria, se você gostou venha curtir o nosso facebook ou deixe um comentário/critica aqui mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário