sábado, 12 de junho de 2021

As maiores burradas da história

Todo mundo já cometeu um erro, mas alguns erros são muito maiores do que outros, principalmente quando eles são cometidos por pessoas importantes como generais e presidentes.

Durante a Primeira Grande Guerra o líder da Marinha Inglesa foi derrotado por sua própria burrice, Winston Churchill planejou um ataque a Turquia nos mínimos detalhes, tudo ia dar certo... mas não deu, isso porque os Aliados esqueceram de sincronizar os seus relógios, graças a esse pequeno detalhe tudo deu errado. Pelo menos ele se redimiu na Segunda Guerra Mundial quando levou os ingleses a vitória.

Em 1453, os turcos tentaram mais uma vez conquistar Constantinopla dos bizantinos, era uma derrota total, eles iriam ser massacrados pelos bizantinos mais uma vez, se não fosse a burrice de um dos soldados bizantinos. Alguém literalmente deixou o portão que protegia a cidade aberto, os turcos, lógico, não perderam tempo e espalharam a palavra, logo eles tinham gente o suficiente para invadir, e nesse caso invadir significa "entrar pela porta da frente".

Não respeitar a religião dos outros pode ser um grande erro, e os ingleses aprenderam isso da pior maneira, se ferrando. No século XIX, os ingleses, que controlavam a Índia, trocaram os rifles dos soldados locais por um modelo que precisava ser lubrificado com gordura de porco ou de vaca, só que na Índia habitada por hindus, as vacas são sagradas, e para os muçulmanos os porcos são imundos e devem ser evitados a todo custo. Os soldados se recusaram a tocar nas novas armas e graças a esse e outros fatores iniciaram uma grande rebelião, que logo se espalhou e culminou na Revolta Indiana, em 1857.

Os E.U.A queriam matar Fidel Castro de qualquer jeito, por isso em 1961 eles bancaram uma invasão até Cuba, os aviões sairiam da Nicarágua para apoiar a missão em terra, mas chegando lá os pilotos não viram nada, os cubanos porém sacaram o que iria acontecer. A grande burrada é que eles esqueceram que tem 1 hora de diferença entre a Nicarágua e Cuba, os aviões chegaram uma hora antes do combinado, toda a missão foi arruinada.

Essa aqui não foi tanto burrice, e sim ingenuidade, porque o imperador Inca resolveu acreditar no melhor da humanidade.
Em 1533 os espanhóis eram conhecidos por torturar e massacrar povos nativos de outros países, mesmo assim o Imperador Inca Atahualpa decidiu não fazer nada quando os espanhóis se aproximaram de seu reino, ele achou que os europeus vinham em paz, resultado: um grande massacre para seu povo.


Você sabia que o Muro de Berlin caiu devido a um erro de comunicação? Em 9 de novembro de 1989, o membro do governo da Alemanha Oriental Günter Schabowski deu uma entrevista de rotina. Um repórter perguntou quando o Muro de Berlim ia cair, desatento Schabowski entendeu que ele perguntou quando medidas pontuais entrariam em vigor. Ele respondeu "Hoje", dito e feito, o povo achou que aquilo era a permissão para derrubar o muro e foram as ruas com martelos e ferramentas naquele mesmo dia.

Maria Antonieta perdeu a cabeça, isso você sabe, mas ela morreu por pura idiotice mesmo. O Rei Luís XVI tinha de fugir da França rápido, o povo, irritado por diversos motivos, queria matar ele e sua família, o Rei planejou uma fuga rápida e segura em uma carruagem pequena, aí vem sua esposa Maria dizer que se ela fosse sair do país teria de ser com luxo, uma comitiva grande e uma larga carruagem pomposa. Claro que as pessoas notaram isso e a família da realeza foram executados em pouco tempo.

No século V, o rei inglês Vortigern se achou muito esperto ao encontrar uma solução para afastar os invasores escoceses: contratou mercenários de duas tribos, os saxões e os anglos. Essas duas tribos eram inimigas e se elas se rebelassem o Rei podia facilmente acabar com uma deles, e esse foi seu erro, ele podia acabar com apenas uma delas. Ao vencerem os escoceses com facilidade os anglos e saxões perceberam que eles trabalhavam muito bem juntos, eles se uniram e dominaram toda a Grã Bretanha, incluindo o que pertencia ao Rei.

Por que Moisés tem chifres? Por uma burrice é claro. No Renascimento, pinturas e esculturas de Moisés mostravam o profeta com chifres, culpa de São Jerônimo, que traduziu a Bíblia para o latim no século IV. Só que havia um erro de tradução. O texto original dizia que Moisés desceu do Monte Sinai radiante (“karan”, em hebraico), mas Jerônimo entendeu “keren”, ou “com chifres”. Graças a ele muita gente achou que o profeta era chifrudo igual o Capeta.

Newton era um gênio, mas também cometia burrices. Em um de seus estudos mais importantes, Isaac Newton usou um valor incorreto para a massa da Terra, um dado que já era conhecido desde a Grécia Antiga. Ninguém percebeu até Robert Garisto, estudante da Universidade de Chicago, EUA, esbarrar no problema, mas isso só ocorreu em 1987, 260 anos depois que Newton morreu. A princípio, ele achou que o erro era pegadinha de seu professor. Garisto ficou famoso e virou um importante matemático.

Tesla foi outro gênio que cometeu uma grande burrice, ele se sentia mais leve quando respirava rápido demais. Em vez de subir em uma balança para checar se a sensação era real, pegou um guarda-chuva, subiu no telhado de uma casa e se jogou, e, claro, ficou muito machucado no processo.

Você já ouviu falar da guerra dos 100 anos certo? Mas que tal a guerra dos 335 anos? A guerra é considerada a mais longa da história, foi travada entre os Países Baixos e as Ilhas Scilly, ela durou 335 anos sem ter havido um único disparo. Ela começou em 1651 sem quaisquer motivo aparente, ela não foi levada a sério, sendo até esquecida pelos soldados. Só três séculos depois ambos concordaram em assinar trégua. Por incrível que pareça nessa guerra não houve mortos.

Francisco Solano Lopez, o então presidente do Paraguai, era um admirador de Napoleão Bonaparte e também um idiota, só porque ele era fã de Napoleão ele se achava um grande comandante tático, e decidiu declarar guerra só para se exibir, então em 1864 ele declarou guerra ao Brasil, Argentina e Uruguai. Isso foi um grande tiro no pé, que resultou na morte de 400 mil homens e na quase erradicação do país no mapa.

Todo mundo conhece Hitler, mas poderia não ser assim, o nazista não subiu ao poder da noite para o dia, demorou um bom tempo para ele consolidar o seu poder, e durante todo esse meio tempo ninguém levou ele a sério. Mesmo com jornalistas apontando o que estava acontecendo, em um surto de idiotice geral ninguém fez nada, e você já sabe o que aconteceu depois...

Um dos países mais odiados do mundo, a China, parece um país esperto, mas quando você olha de perto vê que não é bem assim, como se não bastasse eles acreditarem em coisas malucas, eles acreditam em coisas malucas que machucam aqueles ao seu redor, como por exemplo: "torturar animais antes de assá-los vivos dá um sabor melhor a carne", e também que "comer fetos humanos dá ereções mais potentes".

Real World Fatos pode ser acessado via facebook, basta clicar, curtir e ler matérias interessantes todos os dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário