Loading...

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Veja alguns fatos bizarros dos bastidores de filmes de terror

Filmes de terror são muito populares, todos os anos centenas deles são feitos, mas alguns chamam mais a atenção do que outros, não por serem bons, com um ótimo roteiro e atuação, mas porque eles acabaram tendo acontecimentos realmente bizarros durante as gravações.
Veja alguns filmes de terror que tiveram acontecimentos realmente assustadores em seus bastidores.
E se você gostar dessa matéria sugiro que leia a série de matérias "Curiosidades sobre filmes que você não sabia".

O filme O Exorcista de 1974 tornou-se um dos maiores filmes de terror da história, mas o que ninguém sabia era que um perigo ainda maior estava bem perto de todos os envolvidos, bem ali no set de gravações.  
Paul Bateson era um assistente de radiologia que fazia uma graninha extra interpretando radiologistas em filmes. Já que ele sabia mexer no equipamento ele participou do filme O Exorcista, mas o que ninguém da produção, e nem os atores que contracenavam com ele sabiam, era que Paul na verdade era um Serial Killer procurado que matou e desmembrou gays no final dos anos 70. 
Ele foi pego e condenado a prisão perpetua pelo assassinato de 7 vitimas, mas ele deve ter matado muito mais pessoas. Ele foi capturado depois de matar um critico de cinema chamado Addison Verrill.
Curiosamente seus assassinatos inspiraram o filme de 1980 Cruising, ele saiu da cadeia em 2004 e ainda deve morar em Nova York.

Durante as filmagens de Poltergeist, o ator Oliver Robins que interpretava Robbie realmente foi enforcado durante uma tomada com o robô palhaço assassino, os membros da equipe de filmagem não perceberam nada e deixaram o garoto ser enforcado até ele ficar roxo, ai o Spielberg finalmente percebeu o que realmente estava acontecendo e parou a cena.


O filme de horror sobrenatural A Profecia de 1976 teve uma tragédia maior fora das câmeras do que nelas. O filme conta a história de uma criança substituída no nascimento sem o conhecimento dos pais, depois que seu filho verdadeiro foi assassinado no hospital.
A vida real acabou imitando a arte, o filho do ator Gregory Peck se suicidou pouco antes do pai ganhar o papel no filme, segundo o ator trabalhar no filme foi uma maneira de lidar com seus "demônios pessoais".


O falecido H.R. Giger foi responsável por todos os designs das criaturas em Alien. Mas o que poucos sabem é que ele incorporou um crânio humano verdadeiro na cabeça do alienígena.


A série de filmes Panico se tornou mundialmente conhecida, mas eles na verdade foram inspirados em eventos reais. Um serial killer norte-americano conhecido como Gainesville Ripper assassinou e estuprou diversos estudantes. 
O roteirista Kevin Williamson assistiu a uma reportagem sobre os assassinatos e ficou "com medo de ficar louco". O medo o inspirou a escrever a cena de abertura do filme.


Outro personagem icônico do mundo do terror Jason Voorhees e sua máscara assustaram muita gente nas décadas passadas, e ele também foi baseado em um crime de verdade. 
Quatro adolescentes foram atacados em um acampamento no Lago Bodom em junho de 1960 por alguém usando uma faca, 3 morreram, o quarto sofreu uma mandíbula quebrada e lacerações, o assassino nunca foi pego.
Embora o crime tenha acontecido a muito tempo atrás, quando os primeiros filmes da série Sexta-Feira 13 começaram a sair as vendas de acampamentos começaram a cair rapidamente porque as pessoas ficavam com medo de serem assassinadas por algum maniaco.


Freddy Krueger também é inspirado em eventos reais, o criador de Freddy, Wes Craven, disse que ele criou o personagem depois de ter ouvido uma história de uma família do Camboja cujo filho sofria de pesadelos, os mais velhos ignoraram isso até que a criança faleceu enquanto dormia, daí veio a ideia do assassino dos sonhos.


A Bruxa de Blair revolucionou os filmes de terror, mas as coisas ficaram meias bizarras quando descobriram que os dentes usados no filme eram de verdade, eles pegaram eles com um dentista que provavelmente não pediu permissão aos donos.


O filme de horror Canibais foi quase fatal para uma atriz. Lorenza Izzo quase morreu enquanto gravava uma cena em que sua personagem quase se afogava, ironicamente a atriz quase se afogou de verdade.


Jeepers Creepers é um filme de terror e suspense de 2001, dirigido e roteirizado por Victor Salva, o que ninguém sabia era que Salva era pior do que qualquer personagem que ele podia criar. O cara era um pedófilo ativo que até gravou ele estuprando um ator de 12 anos que trabalhou em um de seus filmes.


Resident Evil é mais um filme em que os bastidores são mais assustadores do que o filme jamais vai ser. Durante as gravações de Resident Evil 6 um duble morreu ao ser acidentalmente esmagado por um carro. Como se isso já não fosse macabro o suficiente uma duble sofreu um acidente no mesmo set e acabou tendo o braço amputado.
Mesmo assim as filmagens continuaram e o filme foi lançado como se nada tivesse acontecido.


O filme Poltergeist - O Fenômeno foi considerado "amaldiçoado" depois que vários atores do filme morreram. Primeiro temos Heather O'Rourke  que com apenas 12 anos veio a falecer de um bloqueio intestinal, os médicos erraram o diagnóstico e ela poderia ter sido salva com uma simples cirurgia.
Outra atriz Dominique Dunne foi assassinada por seu namorado aos 22 anos, ele a enforcou até seu coração parar, os médicos a reviveram mas ela tinha danos cerebrais severos, seus pais decidiram desligar as máquinas.
Muitos dizem que a "maldição" vem do fato de que o filme (e isso já foi confirmado em entrevistas) usou esqueletos humanos de verdade para gravar algumas cenas.


The Possession era um filme sobre uma garota amaldiçoada, o ator Dean Morgan não é nenhum estranho ao sobrenatural, afinal ele interpretou o pai de Dean e Sam Winchester na série Sobrenatural, mas o ator (que diz ser um cético) ficou com medo durante as filmagens do longa.
Durante as gravações luzes explodiam sem um bom motivo e brisas geladas flutuavam através de cenários fechados. Mas o incidente mais bizarro, no entanto, foi quando a instalação de armazenamento onde todos os adereços estavam sendo armazenados pegou fogo do nada. 
Uma investigação sobre o incêndio confirmou que ele não pode ser um incêndio criminoso e nem falha elétrica. A caixa Dybbuk (a caixa amaldiçoada do filme) foi destruída no fogo. Os donos da caixa real se ofereceram para leva-la até o set, mas o elenco e a equipe recusaram a oferta com medo da caixa, pra se ter uma ideia do medo eles até se recusaram a ver fotos da caixa.


Este filme de terror chamado The Ghost of Goodnight Lane foi inspirado em relatos de uma propriedade da Media World Company, no Texas que era chamada de assombrada. 
Um produtor que trabalhou naqueles estúdio, Alin Bijan, disse que a equipe interagia com um homem desconhecido enquanto estava no set, só que o homem nunca esteve ali. Equipamentos de filmagem eram movidos quando ninguém estava por perto, e alguém até recebeu uma bofetada na cara por uma "mão invisível". Esses tipos de incidentes inquietantes já vinham acontecendo há um bom tempo. Bijan confirmou em entrevistas que ele e sua equipe realmente mantinham um registro de todos os incidentes inexplicáveis. 
O produtor foi inspirado por esses eventos e começou a trabalhar no roteiro de The Ghost of Goodnight Lane. Ele também achou que seria uma boa ideia usar o mesmo estúdio assombrado para filmar o filme. O elenco e a equipe relataram luzes piscando enquanto estavam no set, assim como luminárias caindo do teto sem aviso prévio. Talvez a mais assustadora de todas, alguns membros da tripulação ouviram seus nomes serem chamados por vozes de pessoas que simplesmente não estavam ali.


O filme O Corvo de 1994 se tornou conhecido por ser o último filme do ator Brandon Lee, que acabou sendo assassinado por acidente bem na frente de todos.
Na cena o personagem de Lee entra em seu apartamento e descobre que sua noiva foi espancada e estuprada por bandidos. O personagem do ator Michael Massee dispara um revólver Magnum  em Lee, enquanto entra na sala. Uma cena anterior, usando a mesma arma, usava cartuchos falsos para serem carregados no revólver. Em vez de comprar cartuchos falsos comerciais, a equipe do filme criou a sua própria munição, mas eles fizeram isso usando as balas de verdade, descarregando a carga de pólvora e reinserindo as balas, mas eles ainda deixaram o primer que tem força suficiente para atirar a bala até metade do revolver, a bala acabou ficando presa ali sem ninguém notar.
Na cena fatal, que pedia que o revólver fosse de fato disparado contra Lee a uma distância de 3 ou 4 metros, os cartuchos foram trocados por cartuchos de festim, que tem a pólvora mas nenhuma bala. Como a produtora havia enviado o especialista em armas de fogo para casa mais cedo, a responsabilidade pelas armas foi dada a um assistente de adereços que não estava ciente da regra para verificar todas as armas de fogo antes e depois de qualquer manuseio. Portanto, o cano não foi verificado quanto a obstruções quando chegou a hora de carregá-lo com o festim.  Já que a bala do cartucho falso estava presa no cano, e o festim continha pólvora, isso fez com que a bala falsa do Magnum fosse disparada do cano com praticamente a mesma força de um tiro de verdade. Lee foi assassinado por acidente ali mesmo na frente de todos.
O ator foi declarado morto às 13h03 do dia 31 de março de 1993, com a idade de 28 anos. O tiroteio foi considerado um acidente.


Invocação do Mal foi um sucesso, a história foi baseada em eventos reais que aconteceram com o casal Ed e Lorraine Warren, e sua produção foi assombrada diversas vezes por eventos inexplicáveis. Alguns exemplos citados pela produção do filme incluem:
- Quando os roteiristas (os irmãos Hayes) trabalharam com Lorraine Warren no roteiro, suas conversas foram interrompidas por sons estranhos e estáticos no telefone. Depois de alguns instantes, a linha ficava morta.
- Quando o casal visitou o set na Carolina do Norte, um vento estranho percorreu o cenário. Não é muito estranho até você considerar que as árvores não se moveram.
- Quando a atriz principal chegou em casa ela teve a sensação de não estar sozinha. Ela então ficou com tanto medo que tropeçou e sofreu ferimentos que a colocaram no hospital.
- Quando Vera Farmiga, a atriz que interpreta Lorraine Warren, abriu seu computador para continuar lendo o roteiro, ela viu algo na tela que fez sua pele se arrepiar: cinco marcas de garras na tela. Farmiga disse: "Eu não sei como explicar isso. Eu sei que eu não deixei cair o computador, meus filhos não pisaram nele, então eu o fechei, guardei e meu cérebro ficou furioso."

Se você curtiu essa matéria, visite e curta o nosso facebook também, todos os dias nós compartilhamos as melhores matérias do site ali, então se quiser ver mais coisas interessantes, basta clicar aqui e deixar sua curtida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...